segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Dos amores eternais e das coisas essenciais




Amor e não-dor,
forças dependentes e congruentes
Para quem ama
cada manhã é lindo dia pra se viver
Para quem não ama
cada noite traz o tempo de morrer
O amor nos ajuda a sobreviver
-mas poucos sobrevivem ao amor
Amar é para todos
-mas nem todos merecem o amor   
Amar é invadir sem pilhar
É te ter, sem te levar
É partir, e saber a hora de chegar
Amar não é comprar, é alugar
Amar é voar para bem longe...
e ao morrer de saudades,
saber voltar
O amor não é apenas um final feliz,
é felicidade em tempo real
     É  o  amor!   Um   início   sem   fim...