segunda-feira, 18 de abril de 2011

A Páscoa é tempo de esperança

Sementes boas a gerar fertilidade
Cristãos a praticar benignidade
A Páscoa é tempo de esperança

Enlevar-nos em poemas santos...
Elevar-nos em sublimes cantos...
de Páscoa, tempo de esperança

Tornar dóceis os gestos...
Tornar doces as palavras...
na Páscoa, tempo de esperança

Eis as boas-novas em advento!
Fraternar-nos na temperança
-e na esperança -ainda em tempo

A cristandade em festas e orações
a nutrir de esperanças corações
Páscoa, tempo de luz

Fluidificar esperança,
gratificar ao Salvador
Páscoa:  templo do amor

A paixão e morte de Jesus 
a nos redimir em perdoadora cruz
A Páscoa é tempo de esperança

Páscoa, tempo bom de libertar 
os ressentimentos mesquinhos...

Bom tempo para banir rancores,
baixar espadas, aparar espinhos...

Páscoa das alegrias em luz inebriadas
a vencer as agonias em treva enlutadas...
A Páscoa é tempo de esperança!