segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Remediando o tédio

Se o suspiro e o enfado o dominarem,
e for o prazer de viver, fogo extinto,
tua cabeça se erga, que o labirinto,
dá saída aos que a vida reinventarem

Os níveis de açúcar, não os deixe baixarem
Alimenta-te bem, te exercita com afinco
Acalma-te na beleza da flor de jacinto...
será o tédio negras nuvens a se dissiparem...

Reanima-te a música, magia surpreendente
Distraia-te em hobbies, antídoto poderoso
Cerca-te das boas companhias, mui conveniente

Domina-te teu dragão interior e preguiçoso,
armando-te de tarefa co'alegria condizente...
Reaveis o ânimo, coração, no teu ato prestimoso!