domingo, 15 de abril de 2012

Do Coríntios

Caiu a máscara,
chegou o amor!
O amor que tudo sonha
e tudo voa
O amor
que revela a beleza do outro
Amor:
encontro do que se procura
Luz norteadora de caminhos,
cantiga serenadora de almas
O mais sublime de nós
vem do amor
Criador e criação
vem do amor
A plenitude perfeita
vem do amor
Esse amor que sustenta a humanidade
de eternidade em eternidade...
Amor da solicitude viva,
amor indescritível
em vãs palavras vagas
Do amor se teme apenas
o tempo que se mostra
na breve maçã
na folhagem amarela
na sombra crescente da fluída manhã
(Do amor se teme doidamente  amort...)
Amor que tudo salva
tudo espera
tudo suporta
tudo crê 
tudo, tudo.

Apesar.