quarta-feira, 9 de maio de 2012

Dia das mães

Agradecer a mãe...

Que preparou, com amor, o teu mingau
Que sentiu perfume na tua fralda borrada
Que se cuidou pra ver sua empreitada
Que ela, doce, e o mundo, sal

Ser grato a mãe...

Que lhe deu de sua renda economizada
Que lhe deu a mão no lamaçal
Que lhe mostrou a beleza do trigal
Que o mundo bom, e ela, palmada

Eternamente grato a mãe...

Que, na formatura, mareja os olhos...
Que embala o mundo, avisa, pressente...
Que fecha feridas com seus óleos...

Ternamente grato a mãe...

Que proteje o filho (unha e dente)
Que enche de conselhos seus miolos...
Que sente, só ela, o que ela sente...