sexta-feira, 18 de maio de 2012

Fazendo as contas de um professor

Analisemos as contas de um professor
-seu salário de mil, de dois, três mil reais,
tanto faz, que essa grana não satisfaz
as necessidades de um trabalhador...

Ele vai subtraindo desse salário-terror
-aluguel/financiamento, luz, água, gás,
tv a cabo não. Paga o armazém do Tomás
e o cartão e o carnê, do mês anterior

Ironia da vida...quem ensinou o doutor,
se envergonha do seu saldo bancário...
E não viaja de avião pra Salvador...

É o professor e seu vexatório honorário...
Cruze os braços então, querido educador,
só na greve conseguirás o teu implante dentário!