terça-feira, 5 de junho de 2012

Merenda escolar

O que já se sabe -vem denunciar o poema
E o que já se acostumou paladar, olfato
Epidemia  de  diabetes,  visível  fato...
Cardiopatia precoce, coletivo problema...

A  linguiça  ganha  óleo,  perde  trema...
Gordura saturada, pedra no rim e sapato...
Rolou  um  tucupi,  fugiu  o  pato...
Serviram charque, pediram eparema...

Pandemia de obesidade, esse festival :
caloria  vazia  de  nutriente
nadando no óleo, açúcar, sal...

A sala de jaula, assim de gente doente...
Passou longe a frutinha, a farinha integral...
Nosso apelo à autoridade, (in)competente...