terça-feira, 31 de julho de 2012

Arapaçu-barrado

Cadê, do arapaçu, várzea e capoeira?
As folhas de açaí que ele forrageia,
o lagarto que ele saboreia?
As cavidades para nidificar,
cadê sua várzea de folha viva?
E sua Amazõnia rediviva,
sua espécie respeitada, altiva?
...Sua canção alegradora ao ar?