domingo, 19 de agosto de 2012

entufado-baiano

Um pássaro é importante...
Mesmo que seu canto, distante...
Mesmo que seu voo, avante,
adiante... Radiante ser:
cantarolador, inocente...
E a gente, egoísta e prepotente,
consciente, e não ingenuamente,
dizima tudo...o que se possa mover