quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Mutum-do-nordeste

Caçadores profissionais e amadores,
mateiros maus e matadores,
e os mutuns vencidos, esses amores...
Mas o poema, de rancoroso,
ao brando tom de gratidão:
a ave em criadouro, em multiplicação!
Em breve, sua reintrodução!
O futuro, enfim, esperançoso...