segunda-feira, 24 de setembro de 2012

tricoliono-canela

O Paraná alegre, nunca mais...
Tristes as estepes e os litorais,
savanas e restingas residuais...
O tricoliono, pequeno e dócil,
substituído por rebanho...
Ou por qualquer projeto estranho
-perde o bicho e eu ganho
pro meu armário, um fóssil