segunda-feira, 1 de outubro de 2012

chororó-de-goiás

As hidrelétricas chegarão
engolindo tudo, e levarão
chororós e outros, à extinção...
A floresta, que  sombrio lago...
Choremos pelo passarinho,
seu ninho, seu filhotinho,
nas águas em redemoinho...
Mágoas desse lago, trago...