domingo, 18 de novembro de 2012

Milagres de Natal -número um

O Natal deslumbra
o mais incrédulo dos espectros...

O Natal enxuga
a mais úmida das faces...

O Natal desarticula
o mais ardiloso dos espíritos...

O Natal amalgama
a mais frágil relação humana...