quarta-feira, 28 de novembro de 2012

O Natal mudou

Olhos que só enxergam a si...
Olhos limitados, que só veem beleza
em impérios de sal...
Olhos vendados à delicadeza
da cheirosa flor matinal...

meu Deus, como mudou o Natal!