domingo, 6 de janeiro de 2013

Sem rosto

O face
Não rosto
mas plasma

O face
Não trilha
mas labirinto

O face
Não alegria
mas ausência

O face
Não voo
mas corrente

O face 
Doce não
mas ácido