sábado, 12 de janeiro de 2013

Face dupla

Socializar-se
se isolando...

Passar o tempo
e o tempo levando...

Na rede perfurada 
confiando...

Reproduz
e não vai criando...  

Não seduz,
se todo vai se mostrando...

Fere,
para depois, assoprando...

A via é dupla,
Hildebrando:

esse folguedo seu
lhe vai miserando...