sábado, 26 de janeiro de 2013

Capixaba da Gema (página)

Belo barco
Íris-arco
Montes, mares
Esses lugares...

de espumas de renda
de cascatas em fenda
ternuram o coração
tal canção

do tovacuçu...
Ah, Mimoso do Sul,
Itapemirim...
Que seria de mim

sem Alegre Castelo
e meu Porto Belo,
que um site (poema):
Capixaba da Gema

estampa competente
e graciosamente
em primor de fotografia
 -que fotogenia-

Itaparica e Convento
ao luar, ao vento...
E o crepúsculo em Colatina...
E a moqueca divina...

E as ondas d'ouro...
E um povo, um tesouro...
São venturas ternas...
São jóias eternas!