terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Ao Mestre, com Carinho (página)

Criaturas extraordinárias, os professores
- quase todos, e muitos, e queridos...
Marcam nossas vidas, doces sorrisos...
Ensina-nos perseverança, esses amores...

Seres oprimidos que oferecem flores...
Anjos alegres de bolsos falidos...
Almas cansadas, mas bons fluídos...
Sôfregos espíritos a ocultar suas dores...

É por amor que se decide professor...
Abraçar a educação, é por amor...
Por amor se casa com o professor...

O branco da paz, se professor fosse cor...
Explosão solar, se medissem seu calor...
A menina dos olhos, se eu, governador...