domingo, 19 de maio de 2013

Luz:
símbolo da vida,
senda do eterno...
Sigo-te confiante,
ó luz amiga...
Paraíso adentro,
me guia fiel...
E me apresenta a glória
da nova morada...
Abre-me os olhos,
ao Pai me conduz...
Boreais auroras,
fantásticos brilhos...
Dispersam as dores
da velha existência...
A luz que esparge
lumes de alegria...
Revela as dimensões
e as torna compreensíveis...
A poderosa Luz,
clarividência pura!