domingo, 12 de maio de 2013

Trasladação

Ó rosa branca açucena,
perfumai meu momento final...
Consolai, odor de verbena,
 minha transfiguração letal...

Acompanhai meu corpo e minh'alma
nessa passagem de alívio e de dor...
Aos meus entes queridos, dai calma
com sua beleza sidérea em flor...

Rosa alva, serena, suave, graciosa,
subiremos o azul celestial
libertos da matéria vaporosa
na paz do nirvana eternal...

Mas não alçaremos a generosa
e longínqua luz do Supremo...
Posto que amor e rosa cheirosa,
florescem aqui, no purgatório terreno ...