segunda-feira, 15 de julho de 2013

É o Natal que...(poema número dois)

É o Natal que...
reestabelece a alegria

É o Natal que...
nos dá o meigo Jesus

É o Natal que...
reluz as cidades

É o Natal que...
compaixão, bondade

 É o Natal que...
 liberta as amarras

Quebra o gelo através da fé

Vence o medo através da luz

Humilde, mas altivo

Simples, mas radiante

Inspira a atitude nobre

Primavera, beleza

Desmitifica mistérios

Não se vangloria, e realiza

Não se orgulha, e resplandece

Não se esconde, e reparte

Separa o bem do mal

Supera os vales fendosos

Suporta angústia, sombra

É o Natal que...
impõe a lei do amor