quarta-feira, 10 de julho de 2013

A festa de Natal

O Natal é uma festa...
Se o excesso do álcool,
pela dose frugal

O Natal é uma festa...
 A antiga mágoa,
pelo perdão cabal

O Natal é uma festa... 
A índole da maldade,
pelo oposto do mal

O Natal, que festa!
A mão, antes cerrada,
abrindo fraternal

É uma festa, o Natal...
Se exalta o humilde
Se o homem, cordial

O Natal é uma festa...
Se o orgulhoso se dobra
ao Cordeiro Pascal!