sexta-feira, 12 de julho de 2013

É o Natal que...

É o Natal que...
sussurra o bem aos ouvidos

É o Natal que...
sopra dos pulmões a canção

É o Natal que...
preenche o vazio dos corações soturnos

É o Natal que...
desfaz contendas, levanta nações


É o Natal que...

Rega a flor, colhe o fruto

Dá, sem esperar receber

Ilumina, sem ofuscar

De tão humilde, se faz nobre

Alimenta-nos de esperança

Revive lembranças, memórias

Carrega o tempo e mais um pouco

Provém os deprovidos

Fomenta o perdão, fermenta a paz

Promove delírios de fraternidade

Provoca sonhos de eternidade

É o Natal que...
permanece, como os vales e estrelas...