sábado, 30 de novembro de 2013

O Natal de Martin Luther King

O Natal pra sonhar,
e eu tive um sonho...

Eu vi os credos
nas pessoas livres...

Tal cervos nas colinas,
sem caçadores

Eu vi os seres 
em perfeita cantata...

E a letra da canção
festejava a liberdade

Eu vi uns pássaros
de cores diversas...

matando a sede
na mesma fonte

Eu vi humanos
de todas as descendências...

sob a mesma luz,
que pra todos nasce...

Eu vi uma nação,
grande oceano...

as ondas: esperanças,
que não se aquietam

Eu vi cidades,
e campos repletos...

de videiras e fundos
suficientes pra todos

Ouvi um sino,
e era liberdade...

Eu tive um sonho,
e realidade era