segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Poeminha de Natal desintencional

Desproposital
Sem tópico frasal
nexo causal
conteúdo cabal

Poema de Natal
rima opcional
Tamo mal
Esqueci meu gadernal

Não vai rolar original
Poeminha de Natal...
nada excepcional,
nenhum hino nacional

Natal...
céu infernal
Doce ou sem sal
Normal, animal

Natal...
bipolar
-rima opcional,
acidental

Unidirecional, adi-
mensional...
            Amor...língua trans-
nacional

Saúde espiritual
Só ritual . Bomba o comércio
                                     informal
-não me leve a mal-

Eu disse bipolar
e com rima
                                    opcional
casual

Esse Natal:
na cadeia o Lalau,
e outro Nicolau,
Que Natal, meu Deus,
                        que Natal!

Salve o Natal
e o pré-sal
-vital    
                capital

(quem me deu o poema
foi o Dicio inFormal)