segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Ano Novo

Ano novo,
velhas mazelas...

Novo o ano?
Se as mesmas lutas...

Ano velho,
de novo calendário...

Novo ou velho,
se iguais os dias...

Virada de ano,
tempo que voa...

Virou o calendário,
e as promessas...

Alguma esperança,
nosso sustento...

Nos números aleatórios,
a vida que segue...