sábado, 21 de dezembro de 2013

Natal em Gramado

Natal baralhado,
Natal de Gramado...

De neve e luz,
cadê Jesus?

São noéis coloridos,
bailarinas saltitantes...

Não seria surpresa,
se os elefantes...

Docinhos desfilam,
simbolizando o que?

Soldadinhos de chumbo,
conspirando o que?

Eu sei que o turismo
em Gramado, especial...

O capital vital
para o pãozinho-de-sal...

Mas o nariz ruivo da rena
tingido de henna,

distrai a atenção
do que é essencial:

a paz do Natal
(que vem do Menino
do berço de sisal)