terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Ainda o admiro

Aconteça o que for,
guardarei-o em pensamento...
Como se fosse documento,
um contrato de amor...

A todo ocaso multicolor,
contemplarei o firmamento...
Cultuarei cada momento
da plenitude da flor...

Estarás bem guardado,
no meu altar de emoções,
onde santificado...

Não por não ter pecados,
mas por tuas boas ações
e outros predicados...