quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O que leva alguém a correr atrás da bola?

É o vento ao rosto.
É a relva roçando pele.
É o trote do cavalo livre,
e o sol cavalgando junto.
Quiçá a chuva, a neve,
mas a natureza no homem.
Eu vejo o ativo, não o
passivo da arquibancada.
Eu vejo a graça do movimento,
tal as ondas do mar...
Eu vejo a massagem do solo
nos pés carentes de nuvens...
Eu vejo campos viçosos 
brotando gazelas alegres...
Eu vejo a criança ingênua,
gargalhando aos saltos...
Eu vejo o vôo-pássaro,
e é natural e belo.