segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

De vez

Dá-me amor desenganado,
dá-me um adeus definitivo...
Pretérito imperfeito subjuntivo:
dá-me um tivesse amado...

Fala-me no fim de mandado,
e sentimento não redivivo...
Grita-me um não altivo,
ser enfim, assimilado...

Desesperar a esperança,
esquecer o inesquecível...
Água na chama, lança,

"não te amo" iniludível...
Vespa sem asa não dança,
no baile do real factível...