sábado, 3 de maio de 2014

O que leva o sedentário a não correr atrás da bola?

Achar que a vida na tela
é bela...

E que a vida na rede social
é real...

Captar felicidade
no cinza da cidade...

E a liberdade, no shopping
da artificialidade...
                           
Abrir mão, lindas demais,
belezas naturais...

Do futebol ao ar livre,
daí que se vive...

Gente que não gosta de sol,
não curte as cores do atol...

Nem corre livre na grama,
será que ele ama?

Não brinca co’os amigos,
são doces os figos...

Não corre atrás de bola
e não é feliz:


não é feliz...