sexta-feira, 30 de maio de 2014

O que levou o goleiro Víctor Bagy (o São Víctor), a correr atrás da bola?

Ungido de poderes,
santo, santo, santo!

Livrar-se do gol
adversário,

como quem livra
das chagas, o próximo...

O milagre da defesa;
da multiplicação da taça...

O milagre de abrir os mares,
realidade, o gramado...

Indicar o caminho das pedras,
e a trilha da vitória...

Esse homem de auréola,
que captura o cometa...

Esse homem de cajado,
que agarra a esfera...

Esse homem que vê além,
que além prevê...

Esse homem de raros poderes,
São Víctor Bagy...

Que no seu mor milagre,
abre o sorriso do povo...