quarta-feira, 21 de maio de 2014

O que levou o jogador Jairzinho a correr atrás da bola?

Quebrar preconceitos,
todas correntes...

Elevar com orgulho
ao topo, a cor

linda que se traduz:
arte, poesia...

Jairzinho a libertar,
a raça mestiça...

No país pardo,
que nega a matiz...

Jairzinho robusto,
gols disparando...

No país negreiro
navio navegante...

O Furacão, o menino,
o prodígio, o bonito...

O destemido, o forte,
o preparado, o bom...

Jair, pra redimir
nossa raça...

Jairzinho, Jairzão,
levantar a taça...

É esse Jairzinho,
o furacão da copa...

Acendeu a estrela,
driblou sua sina...

Escreveu sua sorte,
deu nó no vento,

e muito mais...