terça-feira, 22 de julho de 2014

Visistante nº14

Eu sou o passo destemido,
sou remida alma pacificada...
Sou eu quem veemente clama
pelo deserto e de madrugada...
Meus braços de paz abertos,
confiança elação obstinada...
Brindo Jesus com morangos,
sob suor e fé semeados...
Eu sou as Mãos ajuntadas,
 sou os Joelhos dobrados!