domingo, 13 de julho de 2014

Visitante nº 1

Dos Açores o mel eu oferto,
ao filho do Criador das flores
(e do sagui-de sete-cores)...
Jesus, ó  lindo menino,
correrás entre cravo e açafrão...
Brotamos nós, ó rebento,
honrar espinhosa missão...
Estrepe em coroa, os homens
 irados lhe ferrarão...
Eu sou o Zangão