segunda-feira, 21 de julho de 2014

Visitante nº13

Embora nas mãos a aspereza,
mas a lisura da esperança...
Embora um cansaço na retina,
mas o lustro da esperança...
Embora a costa arqueada,
mas a esperança aprumada...
Se nasce Jesus porta-luz 
que esperança ultra-luz,
da fé sou personificação...
Eu sou o Cristão