sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Retrospectiva 2014

2014, um ano para se lembrar...
ou não

"Beijinho no ombro" e "lepo lepo"
-dê-me um tampão

Os sete a um, dentro e fora de campo
-gol do alemão

 O atentado aéreo funéreo
-sem perdão

Os aviões sumidos, 
sofrido abdução?

O de sempre, o de praxe...
Olho do furacão

A enchente, a seca
A onça em extinção

A justiça que se arrasta
E o arrastão

Bernardo pediu socorro
Virou estrela e canção

Gabriel Medina tirou onda,
onda de campeão

Eduardo Campos do Brasil:
desistiremos não

Funkeira, palhaço, ladrão
Foi-se mais uma eleição

A fome venceu o voto
Dispersaremo-nos não

A grana jorrou solta,
oleoduto do petrolão

O companheiro, pra variar,
jurou de pé junto que não...

Mais um ano de vista grossa,
alienação!

As selfies encheram o saco,
enfeitaram o pavão

Nosso português sofreu nas redes
um apagão

O Ísis, que espalhou terror,
ganhou caixão

Na Síria, primavera árabe,
ar de pólvora, trovão


Na terra da guerra, e é Gaza,
nação em laceração...

Suassuna, Garcia Marques
Manoel de Barros, João

Ubaldo Ribeiro, Rubem Alves...
Todos constelação

Fofoca de socialite
nem dou atenção

Mas o Pelé, novinho em folha,
meu campeão!

É, 2014, um ano pra se esquecer...
Ou não