sexta-feira, 20 de março de 2015

Anchieta caminha,
que frutífero caminhar...

Tem ferrão na pata de jaguar,
a se tirar...

Anchieta andarilha...
Veio de Vitória Ilha

Levaria uma apostila
com lições de partilha

Anchieta vem e volta,
e a perna, já torta...

Galegos vem chegando,
mas Inês é morta !

Anchieta peleja,
sulcar tomate-cereja...

Posto que a sementaria,
adivinha quem traria?

Anchieta trotando
todo rincão de Brasil...

O Seu auto ficou pronto,
Ele trabuca a mil

Caminha Anchieta,
expressão do amor...

A maré está baixa,
voa, Condor !

Passeia Anchieta,
a passos joviais...

Nos colossos capixabas,
suas digitais

Vem e vai Anchieta,
e é bom que chacoalhe

O leite em queijo,
naturalmente coalhe

Anchieta caminha,
que frutífero caminhar...

Pra bulir os montes,

e o mar...