domingo, 22 de março de 2015

Basta Anchieta pisar na terra,
que tudo medra

Café com fé,

chuva densa,
doce uva,
Rio Doce...

Ares de mares
onde os altares
milagres atrairam
muares...

Brandura em terra
em índios
em marés
por onde pisaram Seus pés...

As obras Anchietanas

naquelas brisas montanas...

Espírito Santo!

Sankta Spirito
-em esperanto

Espírito Santo!

Donde o céu se descortinara,
e meu espanto

Espírito Santo!

Agraciado com o Homem 
que não jogara o manto

Espírito Encanto!
Justifica a brasilidade de Deus,
este recanto...

Reluz mais que Minas

e amaranto,
o Espírito Santo...

O Santo Espírito,

que inspirou Anchieta
tanto, tanto...

Mais o periquito-do-espírito-santo,

e sua delicadeza,
cor e canto...

É Anchieta pisar nesse manto

sacrossanto...
E comoção meu pranto!