sexta-feira, 31 de julho de 2015

ralação de atleta

É tempo de ouriçar as juntas
Botar sebo nas canelas
Arregaçar as mangas...

Arrebentar a boca do balão,
arrebentar ligamentos...

Rodar a baiana
Fumar a cobra
Virar a mesa,

o jogo, o placar...
É tempo de testar o tempo,
o técnico, cronômetro...

É tempo de bolhar a alma,
estirar os nervos...

É tempo de alegria:
mas só Deus sabe !