domingo, 19 de julho de 2015

Fosse o mármore, só beleza...
Foi-se o pássaro: sofreguidão...
Foice na veia da natureza...
E a ave ferrada, no clarão...